Historia da Marcenaria.

 In Sem categoria

Marcenaria é o trabalho de transformar madeira em um objeto útil ou decorativo.

A marcenaria evoluiu da carpintaria, que na atualidade sofreu algumas mudanças, pois o profissional nesta área trabalha principalmente com madeiras nobres como: cedro, cerejeira, imbuia, mogno, marfim, ipê. Destas madeiras são fabricados os laminados OSB (Oriented Strand Board). Algumas destas árvores, de acordo com as legislação ambiental, estão proibidas de serem retiradas da natureza e industrializados como compensado (Brasil) ou contraplacado (Portugal), aglomeradoMDF(Medium Density Fiberboard), laminado melamínico, folhas de madeira, etc.

Características

O marceneiro deve possuir o dom da criatividade, além de ter um vasto conhecimento do uso das ferramentas e materiais dessa área. No uso de máquinas (serra circular ou de fita, tupiaformão, desempenadeira, etc) a cautela é primordial, pois qualquer acidente pode ser irreversível.

A marcenaria abrange o fabrico de móveis, mas está mais ligada ao trabalho artesanal do que ao trabalho industrial. Apesar de o marceneiro moderno fazer uso de máquinas para grande parte de seu trabalho, ele ainda é um artesão. Um profissional que produz exclusivamente móveis sob encomenda ou sob medida, principalmente de chapas industrializadas como o MDF e o aglomerado pela grande indústria, designa-se antes como setor moveleiro. O marceneiro de hoje já utiliza muitas ferramentas de últimas geração, como ferramentas sem fios, CNC, coletores de pó etc. Hoje a marcenaria evolui bastante, gracas a tecnologia moderna facilitando muito a vida principalmente do marceneiro que trabalha com a fabricação de móveis planejados de fino acabamento.